sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Doce junho..

Você veio assim, surgiu do nada e logo fez meu mundo da um giro. Deu aquela sacudida. Eu que pensava que já tinha sentindo de tudo, me vi amando. As outras pessoas, os outros alguens começaram a virar poeira. Como se eu tivesse passado todo esse tempo anestesiada pensando sentir coisas que na verdade nao passavam de falsos sentimentos. Me vi pensando em você antes de dormir. Acabei por achar minha cama grande demais para a sua ausência e o meu quarto pequeno demais para o tamanho da saudade. É fazer uma caminhada no parque, comer algodão doce e querer que você tivesse ali contando uma piadinha qualquer sem graça de alguem que tá passando. Só pra rir junto. Sentar na grama e esperar o sol se por e depois poder brincar de contar estrela, sem o medo de nascer virruga. Já estamos grandinhos, não acreditamos mais nisso. Vontade de colocar avental brincar de mestre cuca, aprender a cozinhar, fazer sua comida predileta só pra te agradar. Caminhar compartilhando as músicas do ipod, achar graça de você cantando as músicas. Achar lindo você dizendo que aquela outra é a nossa música. Quantos anos eu esperei por voce sem saber. Se soubesse nao teria renegado tantos fins, nao teria achado triste as coisas que nao deram certo. Rabiscaria cada dia do calendario, suspiraria cada segundo até aquele doce mês de junho.

12 comentários:

Bianka disse...

aaaaaaaaai que lindo, me encontrei no seu texto flor!!! *-----*

{ Luana - Candy Cute } disse...

Lindooo!!

Depois mostra seus cats :)

bjinhos e bom fim de semana!!

Eloah disse...

Obrigada querida pela visita e pelo comentário gentil que deixastes no meu Blog.Volte sempre.Lindo teu texto.Amar é doação, é entrega, é encanto é procura e é saudade.Que esta fase de tua vida seja repleta de muito amor, luz, flores e cores para enfeitar a tua alma.Bjs Eloah

Gabriela Freitas disse...

que texto lindo, que os outros meses sejam doces também, com este que você tanto esperou.

Thamires Figueiredo disse...

Perfeito!

Aryanne SM disse...

Quando se passa a amar, o mundo gira ao redor daquela única e perfeita pessoa, nada mais importa. Lindas palavras, com muito sentimento. Amei.

Retrato em Branco e Preto disse...

Meus últimos meses tem sido assim, bonitos como esse texto que você escreveu.

Lindo!
Adorei e já estou seguindo.

Um beijo.

! Marcelo Cândido ! disse...

Deve ter sido um mês inesquecível heim... Tem gente que aparece pra mexer mesmo
!!!

Natália Rocha disse...

Ah, acabei me encontrando em suas palavras. São momentos tão bons os que passamos vivendo o amor com toda sua grandeza e delicadeza. Doce mês deve ter sido este de junho.

Que venham muitos outros, flor! Pra você e pra mim também, rs.

um beeijo*

Ana Maria Filipe disse...

Pois, também é verdade :/

Isis Purificação disse...

Muito lindo mesmo seu texto. :D
Adorei!
Bjs

Laís Pâmela disse...

Adorei muito seu texto,
Me vi assim durante muito tempo, passei pelo desgosto de agosto sorrindo, quando ele estava ao meu lado, sair a dançar na chuva, aprendia a cozinhar só pra fazer os gostos dele. Era tudo tão mais colorido. Adorei mesmo, estou seguindo seu blog ;)