sábado, 2 de agosto de 2008

Depois dele , em outras bocas beijou , outros abraços sentiu , riu sem parar. por alguns instantes até chegou a pensar que tinha o esquecido. mas logo a realidade bateu a porta novamente. ali estavam eles juntos, olho no olho. ela meio sem jeito ele como sempre muito brincalhão. ela deixou os pensamentos de lado e resolveu agir naturalmente. disso sairam muitos e muitos risos, tudo parecia como antes , na epoca onde ninguém imaginava que um toque dos lábios deles iria sair. a sensação era boa. ela realmente tinha de volta a sua amizade. mas logo depois quando se apagou as luzes , ela sentiu a necessidade de te-lo novamente , de sentir seu toque , seu beijo. mas não fez nada , ficou quieta não queria estragar tudo e sabia que não conseguiria viver sem a amizade dele. então se concentrou só no filme. do nada sente uma mao querendo outra mão . era a mão dele , vindo pra perto da dela. o coração bateu forte. então as mãos que se queriam se encontraram , se seguram , se fizeram carinho. era verdade! ele queria o mesmo que ela , queria estar junto. mas nada aconteceu , não passou do segurar de mãos , pelo simples fato de que ele se segurou , creio que não queria sentir o gosto do que é trair (a que estava em casa) novamente. ela entendeu , em casa ele tinha uma que o chamava de "meu". e essa não era a menina que na noite passada ele segurou na mão. quem vai dizer tchau?


_
desculpa a ausência daqui , mas agora estou de volta ; senti muita saudade do carinho de vocês , mas sabe meus sentimentos estavam numa turbulencia e eu não conseguia parar para passar as coisas para o papel.. enfim acho que tudo está voltando ao normal. :)

11 comentários:

Bruna disse...

Nanita é você mesmo quem faz os textos,lindo,é de emocionar qualquer um :)

Dayane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanita disse...

os textos são de minha autoria :)

Vinícius Aguiar disse...

Mais um lindo post.... tava fazendo falta viu! apareça....
beijos!

Mandy disse...

Que texto lindo!!!
Simples e emocionante ao mesmo tempo, gosto disso...

^^

BjO.

O Autor, disse...

Quando meus sentimentos estão turbulentos, escrevo.

Camilla disse...

Bom que você voltou, tava sentindo falta...

Danielle Cristina disse...

adorei o texto, é de que lugar de Bsb? toh te favoritando!
=**
xD

Nadezhda disse...

" quem vai dizer tchau?".

O acontecimento todo, por si só ;)

ALF disse...

Perfeito. Traduz muita coisa em poucas palavras que dizem muito apenas nas entrelinhas. De uma suavidade romântica incrível. Escrito com uma emoção pairada lá dentro, esvoaçando na veia central do coração. Belo. Apesar de mostrar um fim tanto chato, o que ao menos me passa é uma sensação de torpor, de uma radiante emoção contida nos olhares.

Quem vai dizer tchau? Essa não quer calar. Será que alguém tem coragem?


Nessas horas, o silêncio é capaz de responder pelos dois.

Muito bom, adorei adorei.

:)

ps: tu perdeu o poema no meu blog né, mas ainda dá tempo de bizoiar lá hehehehe

Beijos
boa semana
se cuida tá
e não esqueça
pensamentos felizes te levam a voar.
:)

Paulo, disse...

faço a mesma pergunta que o Alf amor, quem vai ter coragem de dizer tchau? :S

hrum...
e pode voltar a postar sempre aqui viu fadiinha, se não te pego na cosquinha *-*


te amo